quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Brasil n ° 1 em fragrâncias

O site da empresa de pesquisa Euromonitor traz um panorama sobre os países top de vendas de fragrâncias nos ultimos dois anos,  e marca o Brasil como o numero um em vendas no ano de 2010.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Registro de marcas olfativas

A discussão continua. Para alguns juristas a marca olfativa não pode ser registrada. Em aguns países como Estados Unidos, Austrália e França, as marcas olfativas são registráveis. No Brasil, Canadá e Japão não é permitido o registro, sob a alegação de que o aroma não é visualmente perceptivel, uma exigencia para o registro. Agregamos aqui artigos sobre o assunto: da Dra. Sandra Leis , do escritório de consultoria Gimenez &Asociados (Mexico),  e do blog Jurídico em Tela
Boa leitura!

Qual o valor da sua marca?

 A marca forte é aquela que consegue satisfazer acima de tudo desejos. (Eugênio Bispo)
Leia o post na integra !









Fonte: Amomkt

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Ainda sobre a Sephora

A marca chega ao Brasil com grandes expectativas em relação ao mercado brasileiro. Leia no site Valor Luxury Lab sobre o assunto. O blog  Mundo das Marcas traz uma excelente matéria sobre a empresa que é autoridade quando o assunto é beleza. A reportagem publicada no Brasil Econômico mostra a influência no varejo.

Parceria entre Sephora e Firmenich cria o espaço" Sensorium" ™, uma viagem imersiva através do mundo da fragrância.

Até 27 de novembro é possivel conhecer o espaço sensorial olfativo criado pela Sephora e a Firmenich, em Nova York. Pela primeira vez aberta ao público, o Sensorium ™ é uma experiência dinâmica que explora a emoção e o instinto através de experiências interativas com perfume, filme convincente, narração de histórias e arte tridimensional. A viagem inclui seis encontros distintos que nos incentivam a redescobrir a magia do perfume:

• Como experienciamos e interagimos com os aromas;

• Reação emocional do nosso cérebro à fragrância, incluindo o impacto de uma vida sem perfume;

• Como o perfume relaciona ações do nosso dia a dia com nossas lembranças, que muitas vezes passa  despercebido;

• Como as moléculas e extrações se misturam para formar uma fragrância que detonam emoções;
• As reações provocadas pelo perfume em nosso cérebro "puramente instintiva ,onde a nossa reação mais primal torna-se uma emoção primitiva";
• Bar -  a fragrância onde, semelhante a uma degustação de vinhos, os visitantes sentem perfumes sem marca descobrindo as preferências baseadas na emoção, em vez de mensagens de marketing ou embalagens de marca. "A fragrância é uma parte importante do nosso negócio e nossos clientes estão sempre em busca de novidades e de exclusividade", disse Sharon Rothstein, Vice-Presidente Sênior de Marketing da Sephora. "O Sensorium ™, criado com o conhecimento, experiência e visão da empresa Firmenich, ofereceu-nos uma tremenda oportunidade para redefinir, educar e excitar  os sentidos através do cheiro de uma forma inovadora."

"Estamos entusiasmados com a oportunidade de trabalhar com Sephora para compartilhar o sonho Sensorium com as pessoas de uma forma que vai educa-las sobre perfume, bem como destacar seu impacto emocional em nossas vidas."disse Debra Butler, vice-presidente de Marketing Criativo para Firmenich.

O Sensorium ™ 414 West 14th Street em Manhattan, Meatpacking District, de 7/10/2011 a 27/11/2011. Informações: acesse http://www.sephora.com/go/sensorium/

Fonte: Sephora

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Olfato dos consumidores aumenta as vendas

A inovadora mídia olfativa, aliada às tecnologias digitais, leva o consumidor a uma viagem sensorial de aromas e sabores.

Cientistas israelenses desvendam princípio de organização do olfato humano

Estudo revela que a forma como uma pessoa detecta um odor está relacionada a uma escala de prazer e não a um gosto pessoal

Pesquisadores do Instituto Weizmann, em Israel, identificaram um princípio de organização do olfato humano. Os resultados sugerem que a forma como uma pessoa detecta um odor está relacionada a uma escala de prazer e não a um gosto pessoal.

Visionaire 42. Desbravando o território olfativo

Visionaire é uma empresa que lança no mercado editorial o que chama de "álbum multi-formato da moda e da arte produzida em  edições limitadas" três vezes por ano. Cada edição é interativa e convida o leitor a explorar um sentido diferente ou conceito. Edições anteriores incluem sabor, sol, erotismo, coleções,moda,  entre outros. A 42 Scent, edição que fala dos aromas, traz uma série de imagens e sons traduzindo a sensação do aroma desta coleção: frio, quente, molhado, ferroso, entre outros enigmáticos indícios de percepções. A Visionaire é enigmatica na sua abordagem e traz uma sensação inquietante e desconcertante nesta ligação entre fragrância, imagem e som. Este exemplar foi publicado em 2003 e se tiver sorte ainda pode conseguir algum numero.

Aromas temáticos


O uso de aromas para eventos sociais e empresariais já não é uma novidade e vem crescendo a cada ano no Brasil.

A “Makro Extravaganza" , uma das feiras mais visitadas no Brasil no segmento de soluções e conteúdos para operadores de “food service” e do pequeno varejo, adotou este ano a aromatização com três diferentes aromas temáticos desenvolvidos pela Airomas : chocolate ao leite, canela com maçã e cheirinho de pão "saindo do forno" - ícone dos eventos gastronômicos - foram os aromas difundidos, formando  um túnel multissensorial e despertando o desejo de degustar os produtos que estavam sendo preparados. Nossos sentidos químicos são importantes neste processo tornando nosso ritual alimentar em um evento único, daí a importância de saborearmos não só pelo tato , visão ou degustação, mas pelo sentido do olfato que marca a memória e torna a experiência indescritível.

Fonte: Airomas Brasil


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Mercado de fragrâncias sob pressão

Acossados pelo aumento exponencial no custo das matérias-primas em todo o mundo e pelo aumento da demanda de serviços e pelas negociações cada vez mais duras com os clientes, os fabricantes de fragrâncias enfrentam um cenário desafiador e sem previsão de melhorias nos próximos anos.